domingo, 28 de março de 2010

MISSA DE ORDENAÇÃO PRESBITERAL DO DIÁCONO PÉTERSON

Missa de Ordenação sacerdotal do Diácono Péterson Pedroso de Figueiredo
Rio Grande - 20/03/2010

Lema: “O Senhor é meu Pastor nada me falta.” Sl 23

ACOLHIDA
ANIM.: Queridos irmãos e irmãs, familiares e amigos do ordinando. Acolhemos a todos com muita alegria e emoção, para celebrarmos a
Ordenação Presbiteral do
Diácono Péterson.
Ano Sacerdotal!
Que mistério inefável! Que sublime dignidade a dos sacerdotes, aos quais é dado o que aos anjos não é concedido, pois só os sacerdotes, validamente ordenados pela Igreja, têm o poder de consagrar o Corpo e Sangue de Jesus Cristo.
Elevemos a Deus
nossas orações, agradecendo por mais este operário para a grande Messe do Senhor, para a missão de pregar o Evangelho a todas pessoas.
Em pé, com muita alegria, acolhamos a família do diácono Péterson : seus pais Sra. Córdola e Sr. Armando Figueiredo, sua irmã Rosana e seus sobrinhos Mateus, André e Andressa.
Foi esta família que constituiu o berço do qual surgiu a sua vocação.
Recebamos, também, seus padrinhos, coroinhas, seminaristas, ministros do altar, diáconos permanentes, presbíteros e nosso Bispo Dom José Mário, que presidirá a Celebração Eucarística e conferirá o Sacramento da Ordem no grau de Presbítero ao diácono Péterson.
Acompanhemos a Procissão de entrada cantando: Me chamaste para caminhar na vida contigo, nº 01

( Histórico do ordinando: Leitura do histórico do Diácono Péterson pela sua irmã Rosana. )

ANIM.: Fará a leitura do histórico do Diácono
Péterson, sua irmã Rosana.

ANIM.: Com a palavra Frei Ari José de Souza, pároco da Paróquia N. Sra. do Carmo, que hoje nos acolhe.

( depois do frei Ari )

ANIM.: O Pe. Gil fará a apresentação dos presbíteros concelebrantes.

SAUDAÇÃO : Sr. Bispo

ATO PENITENCIAL: SR. BISPO introduz.
Canto Penitencial nº2
GLÓRIA:
ANIM.: Glorifiquemos a Trindade Santa, Pai, Filho e Espírito Santo. É em nome deste Deus que Péterson quer viver seu ministério de presbítero. Na alegria e no júbilo que hoje sentimos pelo SIM do jovem Péterson, cantemos: Glória a Deus Trindade, n° 03.

ORAÇÃO: Sr. Bispo

LITURGIA DA PALAVRA

ANIM.: Podemos sentar. Atentamente vamos escutar o que Deus vai nos falar.
Na leitura do livro do Profeta Jeremias, ouviremos a promessa de Deus Pai a seu Filho escolhido: “ Não temas, estarei contigo e por ti falarei.’’ No Evangelho Jesus se intitula o Bom Pastor. Ele dá a vida pelo rebanho, enquanto os mercenários não o fazem. Jesus é movido pelo Amor e não por um contrato que diz quais são ou não as suas obrigações e até onde vai o seu Amor pelas ovelhas.
A primeira leitura será proclamada pela irmã Clarinda, sua primeira professora.

1ª LEITURA: Jeremias 1, 4-19

SALMO RESPONSORIAL: Salmo 23 (canto nº 04)

EVANGELHO: JOÃO 10, 11-18

ANIM.: Em pé, vamos aclamar e escutar o Santo Evangelho, que será proclamado pelo Diácono João Maiato.
Aclamemos: Eu vim para escutar, nº 05

RITO DA ORDENAÇÃO

ANIM.: Nesse momento iniciamos o Rito de Ordenação. O Diácono Péterson Pedroso de Figueiredo será chamado para receber o Sacramento da Ordem no grau de Presbítero. Ele sairá do meio do povo. Para servir este mesmo povo Deus o escolheu.
O ordinando despede-se simbolicamente de seus familiares, manifestando sua gratidão por tudo aquilo que recebeu de sua família.
Em seguida Pe. John Cleber, Reitor do Seminário Diocesano Santo Cura d´Ars, pedirá ao senhor Bispo que ordene o diácono Péterson Pedroso de Figueiredo, presbítero da Igreja.

ELEIÇÃO DO CANDIDATO:
O Padre John Cleber chama o ordinando:
PE.JOHN:
Queira aproximar-se aquele que vai ser ordenado Presbítero: Diácono Péterson Pedroso de Figueiredo.
O candidato responde:
C: Presente.
O candidato se aproxima do Bispo, fazendo-lhe uma pequena reverência.
Estando o Ordinando, de pé, diante do Bispo, o presbítero, para isto designado, diz:

PE.JOHN:
Reverendíssimo Pai, a Santa Mãe Igreja pede que ordenes para a função de Presbítero este nosso irmão.

O Bispo o interroga:
SR. BISPO: Podes dizer-me se ele é digno deste ministério?

TESTEMUNHOS:

ANIM.: Ouviremos o testemunho do Padre Cleomar, amigo e colega de seminário do Diácono Petérson e, também, o testemunho da Irmã Clecimara, sua catequista e madrinha que o acompanhou desde sua infância.

O presbítero responde:
PE.JOHN:
Tendo interrogado o povo de Deus e ouvido os responsáveis, dou testemunho de que foi considerado digno deste ministério.

O Bispo:
SR. BISPO: Com o auxílio de Deus e de Jesus Cristo, nosso Salvador, escolhemos este nosso irmão para a Ordem do Presbiterado.

TODOS: Graças a Deus! (Palmas)

HOMILIA: SR. BISPO

DIÁLOGO DE COMPROMISSO
Terminada a homilia, somente o eleito se levanta e se coloca diante do Bispo, que o interroga:

ANIM.: Deus chama o homem para o serviço, não força ninguém. Convida! Deus criou o homem e a mulher livres e respeita sua liberdade.
Neste momento vamos acompanhar o diácono Péterson fazer o propósito de entregar a sua vida para a construção do Reino de Deus. Por isso o diácono Péterson manifestará agora o seu compromisso perante o povo de aceitar esta missão. Permaneçamos sentados, somente o eleito se levanta.

SR. BISPO: Caro filho, antes de ingressares na Ordem dos Presbíteros, deves manifestar perante o povo o propósito de aceitar este encargo.
Queres, pois, desempenhar sempre a missão de Sacerdote no grau de Presbítero, como fiel colaborador da Ordem Episcopal, apascentando o rebanho do Senhor sob a direção do Espírito Santo?

O eleito responde:
P: Quero.

O Bispo:
SR. BISPO: Queres com dignidade e sabedoria desempenhar o ministério da Palavra, proclamando o Evangelho e ensinando a Fé Católica?

O eleito:
P: Quero.

O Bispo:
SR. BISPO: Queres celebrar com devoção e fidelidade os mistérios de Cristo, sobretudo pelo Sacrifício Eucarístico e o sacramento da Reconciliação, para o louvor de Deus e santificação do povo cristão, segundo a tradição da Igreja?

O eleito:
E: Quero.

O Bispo:
SR. BISPO: Queres implorar conosco a misericórdia de Deus em favor do povo a ti confiado, sendo fielmente assíduo ao dever da oração?

O eleito:
E: Quero.

O Bispo:
SR. BISPO: Queres unir-te cada vez mais ao Cristo, Sumo Sacerdote, que se entregou ao Pai por nós, e ser como Ele consagrado a Deus para a salvação da humanidade?

O eleito:
E: Quero, com a graça de Deus.

PROMESSA DA OBEDIÊNCIA

ANIM.: Agora, o Diácono se ajoelha. Coloca as suas mãos entre as mãos do Sr. Bispo, prometendo-lhe obediência e fidelidade.

SR. BISPO: Prometes respeito e obediência a mim e a meus sucessores?

O eleito:
E: Prometo.

O Bispo, conclui:
SR. BISPO: Deus, que te inspirou este bom propósito, te conduza sempre mais à perfeição.

LADAINHA DE TODOS OS SANTOS

ANIM.: Antes da imposição das mãos sobre o nosso irmão, vamos invocar a proteção de todos os Santos. Toda a assembléia é convidada a ficar ajoelhada, enquanto, num gesto de humildade e manifestando sua pequenez diante de Deus, ele se prostra no chão. A Igreja do céu se faz presente para implorar o auxílio Divino para o ordinando.

O Bispo, de pé, sem mitra e de mãos postas, voltado para o povo, convida:
SR. BISPO: Roguemos, irmãos e irmãs, a Deus Pai todo-poderoso que derrame com largueza a sua graça sobre este seu servo, que Ele escolheu para o cargo de Presbítero.

Então o eleito se prostra e canta-se a ladainha.

LADAINHA (FREI GIRIBONE)

SOLO TODOS

Senhor, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.
Cristo, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós.
São Miguel, rogai por nós.
Santos Anjos de Deus, rogai por nós.
São João Batista, rogai por nós.
São José, rogai por nós.

São Pedro e São Paulo, rogai por nós.
Santo André, rogai por nós.
São João, rogai por nós.
Santa Maria Madalena,
rogai por nós.
Santo Estevão, rogai por nós.
Santo Inácio de Antioquia, rogai por nós.
São Lourenço, rogai por nós.
Santa Perpétua e Santa Felicidade, rogai por nós.
Santa Inês, rogai por nós.
São Gregório, rogai por nós.
Santo Agostinho, rogai por nós
Santo Atanásio, rogai por nós.
São Basílio, rogai por nós
São Martinho, rogai por nós.
São Bento, rogai por nós.
São Francisco e São Domingos, rogai por nós.
São Francisco Xavier, rogai por nós.
São João Maria Vianney, rogai por nós.
Santa Catarina de Sena, rogai por nós.
Santa Teresa de Jesus, rogai por nós.
Todos os Santos e Santas de Deus, rogai por nós.

Sede-nos propício, ouvi-nos, Senhor.
Para que nos livreis de todo mal, ouvi-nos, Senhor.
Para que nos livreis de todo o pecado, ouvi-nos, Senhor.
Para que nos livreis da morte eterna, ouvi-nos, Senhor.
Pela vossa encarnação, ouvi-nos , Senhor.
Pela vossa morte e ressurreição, ouvi-nos, Senhor.
Pela efusão do Espírito Santo, ouvi-nos, Senhor.
Apesar de nossos pecados, ouvi-nos, Senhor.

Para que vos digneis conduzir
e proteger a vossa Igreja, ouvi-nos, Senhor.
Para que vos digneis conservar
no vosso santo serviço
o Papa, os Bispos e todo o clero, ouvi-nos, Senhor.
Para que vos digneis abençoar
este eleito, ouvi-nos, Senhor.
Para que vos digneis abençoar
e santificar este eleito, ouvi-nos, Senhor.
Para que vos digneis abençoar, santificar
e consagrar este eleito, ouvi-nos, Senhor.
Para que vos digneis conceder a todos os povos
a paz e a verdadeira concórdia, ouvi-nos, Senhor.
Para que vos digneis manifestar
a vossa misericórdia
a todos que sofrem tribulações, ouvi-nos, Senhor.
Para que vos digneis conservar-nos
e confortar-nos no vosso santo serviço, ouvi-nos, Senhor.
Jesus, Filho do Deus vivo, ouvi-nos, Senhor.

Cristo, ouvi-nos. Cristo, ouvi-nos.
Cristo, atendei-nos. Cristo, atendei-nos.

Terminada a ladainha, só o Bispo se levanta e diz, de mãos estendidas:
SR. BISPO: Ouvi-nos, Senhor nosso Deus e derramai sobre esse vosso servo a bênção do Espírito Santo e a força da graça Sacerdotal, a fim de que sempre acompanheis com a riqueza de vossos dons o que apresentamos à vossa solicitude para ser consagrado. Por Cristo, nosso Senhor.

T: Amém.
Todos se levantam.

IMPOSIÇÃO DAS MÃOS E PRECE DE ORDENAÇÃO

ANIM.: Chegamos ao momento mais importante da ordenação presbiteral. O momento da imposição das mãos. É o gesto próprio do sacramento da Ordem. O bispo, e depois cada um dos presbíteros presentes, impõe as mãos sobre o ordinando. Este gesto bíblico e eclesial da imposição das mãos, juntamente com a oração consecratória confere ao eleito o caráter sacerdotal. Acompanhemos com devoção este rito, meditando o seu profundo significado.

O eleito se levanta, aproxima-se do Bispo, que permanece em pé diante da cátedra, com mitra, e se ajoelha diante dele.
O Bispo impõe as mãos sobre a cabeça do eleito, em silêncio.
Tendo o eleito ajoelhado diante de si, o Bispo, sem mitra, de mãos estendidas, diz a Prece de Ordenação:
SR. BISPO: Assisti-nos, nós vos pedimos, ó Deus todo-poderoso, fonte de todas as graças..............

TODOS : AMÉM.


REVESTIMENTO DOS PARAMENTOS SACERDOTAIS

ANIM.: O neo-sacerdote é agora revestido com os paramentos sacerdotais. A estola, é o símbolo do poder sacerdotal de que foi revestido, e a casula, sinal de sua missão de pregar o Evangelho e administrar os sacramentos.
A estola será levada e imposta ao neo-sacerdote, pelo seus pais, Sr Armando e Sra Córdola. A casula será levada e imposta pela sua irmã Rosana.

UNÇÃO DAS MÃOS

ANIM.: Já revestido com as vestes sagradas, o neo- sacerdote terá suas mãos ungidas pelo Óleo do Crisma. A unção santifica as mãos. Mãos que deverão consagrar, abençoar, perdoar os pecados, distribuir a paz de Deus às pessoas: mãos
Que deverão se estender em
prece pelo Povo de Deus.

SR. BISPO : Nosso Senhor Jesus Cristo, a quem o Pai ungiu com o Espírito Santo, e revistiu de poder, te guarde para a santificação do povo fiel e para oferecer a Deus o santo sacrifício.

ANIM.:Acompanhamos com o canto: Numa noite de fadiga, n° 6

( o Sr. Bispo passa uma fita nas duas mãos do ordinando. Este vai até seus pais e mostra as mãos ungidas)

( Bate-se palmas )

ENTREGA DO CÁLICE E PATENA

ANIM.: Neste momento entrega-se ao senhor Bispo a patena com o pão, e o cálice com vinho. O Bispo fará a entrega ao neo-sacerdote e com este gesto se confirma a missão que ele recebeu de consagrar o pão e o vinho, tornando-os Corpo e Sangue de Cristo. Assim o Pe. Péterson aprende de Jesus dar a sua própria vida, seu corpo e sangue, pelos outros.

SR. BISPO: Recebe a oferenda do povo santo para apresentá-la a Deus. Toma consciência do que vais fazer e põe em prática o que vais celebrar, conformando tua vida ao mistério da Cruz do Senhor.

Por fim, o Bispo acolhe o Ordenado para o abraço da paz, dizendo:
SR. BISPO: A paz esteja contigo.
O ordinando responde:
O: O amor de Cristo nos uniu.

ACOLHIMENTO DOS PRESBÍTEROS

ANIM.: Exultemos de alegria por termos mais um sacerdote! Nosso Bispo e os Sacerdotes presentes dão seu abraço da paz e acolhida ao neo-sacerdote. Por esta saudação Padre Péterson Pedroso de Figueiredo é recebido com carinho na família presbiteral e acompanhado com o calor da amizade fraterna dos seus irmãos presbíteros. A comunidade fará esse gesto logo após o final da missa. Enquanto isso vamos cantar: Alma Missionária, nº 11.

Segue-se o rito da missa, como de costume.

PREPARAÇÃO DAS OFERENDAS

ANIM.: É o momento da apresentação das oferendas. A Eucaristia é o grande sacramento que significa e realiza a união do Povo de Deus em torno de Cristo. Recebamos também alguns símbolos que fazem parte da caminhada do padre Péterson. Estes símbolos serão trazidos por casais representantes de municípios da Diocese, pela irmã Maria Eli, Ângelo e Milena. Cantemos: Muitos grãos de trigo, nº 7.

SÍMBOLOS :
CERTIDÃO DE BATISMO– Janir e
Eva
CARTAZ COM O LEMA DO ORDENADO – Amadeo e Naura
CAJADO-Irmã Maria Eli, Ângelo e
Milena levando ovelhas de lã
ESTOLA – Roque e esposa
PÃO E VINHO – Admar e Vivina

ORAÇÃO SOBRE AS
OFERENDAS
SR. BISPO : Ó Deus, que escolhestes sacerdotes para servirem o vosso altar e o vosso povo, concedei, por este sacrifício, que o seu serviço sempre vos agrade e produza em vossa Igreja frutos que permaneçam. Por N.S.J.C...

PRECE EUCARÍSTICA Nº II

S - O Senhor esteja convosco.
T – Ele está no meio de nós.

S – Corações ao alto.
T – O nosso coração está em Deus.

S – Demos graças ao Senhor nosso Deus.
T – È nosso dever e nossa salvação.

S – Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graça, sempre e em todo lugar, Senhor, Pai Santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso.
Ele é a vossa palavra viva, pela qual tudo criastes. Ele é nosso Salvador e Redentor, verdadeiro homem, concebido do Espírito Santo e nascido da Virgem Maria.
Ele, para cumprir a vossa vontade, e reunir um povo santo em vosso louvor, estendeu os braços na hora da sua paixão a fim de vencer a morte e manifestar a ressurreição.
Por ele os anjos celebram vossa grandeza e os santos proclamam vossa glória. Concedei-nos também a nós associar

SANTO: nº 08

S – Na verdade, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade, santificai, pois, estas oferendas, derramando sobre elas o vosso Espírito, a fim de que se tornem para nós o Corpo e + o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso.
T – Santificai nossa oferenda, ó Senhor!

S – Estando para ser entregue e abraçando livremente a paixão, ele tomou o pão, deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.
Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, dizendo:TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS, PARA REMISSÃO DOS PECADOS, FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

T – Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice, anunciamos, Senhor, a vossa morte, enquanto esperamos a vossa vinda!

S – Celebrando, pois a memória da morte e ressurreição do vosso Filho, nós vos oferecemos ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui na vossa presença e vos servir.
T – Recebei, ó Senhor a nossa oferta!

S – E nós vos suplicamos que, participando do Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito Santo num só corpo.
T- Fazei de nós um só corpo e um só espírito!

S- Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja que se faz presente pelo mundo inteiro: que ela cresça na caridade, com o Papa Bento XVI, com nosso Bispo Dom José Mário, e todos os ministros do vosso povo.
T- Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!

S – Lembrai-vos também dos nossos irmãos e irmãs que morreram na esperança da ressurreição e de todos os que partiram na esperança da ressurreição e de todos os que partiram desta vida: acolhei-os junto a vós na luz de vossa face.
T – Lembrai-vos, ó Pai dos vossos filhos!

S –Enfim, nós vos pedimos, tende piedade de todos nós e daí-nos participar da vida eterna com a Virgem Maria, mãe de Deus, com os santos Apóstolos e todos os que neste mundo vos serviram, a fim de vos louvarmos e glorificarmos por Jesus Cristo, vosso Filho.
T – Concedei-nos o convívio dos eleitos!

S – Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai Todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda honra e toda glória, agora e para sempre.
T – Amém.

RITO DA COMUNHÃO

PAI NOSSO - rezado
CORDEIRO DE DEUS - cantado
PROCISSÃO DA COMUNHÃO

ANIM.: Comungar é comprometer-se. É responder à proposta de vida, de fraternidade e de solidariedade que Cristo faz para todos. Enquanto nos aproximamos da Mesa Sagrada, cantemos:Jesus, o Pão da vida, nº 09

ORAÇÃO APÓS A COMUNHÃO

SR. BISPO : Ó Deus, que vossos sacerdotes e fiéis encontrem a vida nesta Eucaristia que oferecemos e recebemos, para que, unidos a vós por um amor eterno possamos vos servir dignamente. Por N.S.J.C...

FALA DO NEO-SACERDOTE –
PE. PÉTERSON

ANIM.: O sobrinho do Pe. Péterson fará uma homenagem, tocando a música: Ave-Maria.

BÊNÇÂO SOLENE

SR. BISPO: Deus, pastor e guia da Igreja, te guarde constantemente com sua graça para cumprires com fidelidade os deveres de Presbítero.

Todos: Amém

SR. BISPO: Ele te faça no mundo servo e testemunha da Verdade e do Amor de Deus e ministro fiel da reconciliação.

Todos: Amém

SR. BISPO: Ele te faça verdadeiro pastor que leva ao seu povo o Pão Vivo e a Palavra de vida, para que cresça na unidade do Corpo de Cristo.

Todos: Amém

SR. BISPO: A bênção de Deus Todo Poderoso...

DIÁCONO : Ide em Paz, e que o Senhor vos acompanhe...

Todos: Graças a Deus

CANTO FINAL : nº Parabéns a Você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário